Home

ūüáģūüáĻ ūüáļūüáł ūüá™ūüáł

Compartilhamos todos o mesmo planeta.

Eu estudo buracos negros cósmicos.

Sou uma astr√īnoma que usa telesc√≥pios espaciais para observar raios-X e luz ultravioleta que vem das regi√Ķes mais internas das gal√°xias, perto do horizonte de eventos de buracos negros supermassivos. Tenho o imenso privil√©gio de poder usar dados de telesc√≥pios impressionantemente grandes, como o XMM-Newton e o Telesc√≥pio Espacial Hubble, direcionando-os para regi√Ķes do Universo que considero interessantes e estudando a f√≠sica de fen√īmenos c√≥smicos distantes usando o conhecimento que n√≥s humanos acumulamos aqui coletivamente na Terra.

Trabalho como pesquisadora no grupo de Forma√ß√£o e Evolu√ß√£o de Gal√°xias do Centro de Astrobiologia (CSIC-INTA), na Espanha, onde desde julho de 2019 sou gerente do projeto plurianual 2018-T1/TIC-11733: “Unveiling Black Hole Winds from Space”, financiado por la Comunidade de Madri como parte da chamada “Atracci√≥n de Talento”.

Antes de come√ßar a trabalhar no Centro de Astrobiologia, o ensino e a pesquisa me levaram a viajar um pouco por todo o planeta Terra. Nasci na It√°lia, onde em 2011 obtive um doutorado em Astronomia pela Universidade de Bolonha. Por isso, vivi e investiguei buracos negros c√≥smicos em v√°rias na√ß√Ķes do planeta Terra, incluindo a Holanda (onde trabalhei por tr√™s anos e meio na SRON); os Estados Unidos da Am√©rica (que visitei duas vezes durante o meu doutorado, na PSU e na UNLV, e uma vez como pesquisadora de p√≥s-doutorado na UMBC); e a Espanha, onde trabalhei por dois anos na Ag√™ncia Espacial Europ√©ia (ESA). Os pa√≠ses que visitei para ministrar ou ouvir semin√°rios cient√≠ficos incluem Brasil, Canad√°, Eti√≥pia, Gr√©cia, Alemanha, Rep√ļblica Tcheca e Jap√£o.

√Č imensamente gratificante e faz voc√™ se sentir imensamente pequeno, viver uma vida com esses privil√©gios e ser uma ponte viva entre o conhecimento incomensur√°vel que existe no Universo e o nosso pequeno planeta Terra.

Eu sou o produto de uma gera√ß√£o de seres humanos que foram capazes de ampliar seus horizontes no Universo t√£o rapidamente, que parece surreal que √© a mesma gera√ß√£o que chegou ao ponto de um colapso global – mas √© real. N√≥s humanos – em geral – parecemos ter perdido o rumo aqui na Terra, e uma percep√ß√£o apropriada de nossa posi√ß√£o c√≥smica ainda est√° ausente do nosso contexto cultural global. Pode ser que, compartilhando um pouco do conhecimento que adquiri nesta minha curta vida terrena, algu√©m possa se sentir inspirado a ampliar seus horizontes √† medida que eu ampliei os meus, e consiga ver todos os outros humanos como realmente s√£o: companheiros de aventura que compartilham uma vida muito, muito curta, em um planeta √ļnico e maravilhoso: o planeta Terra.

Compartilhamos todos o mesmo planeta.


Minha pesquisa

Ventos de Buracos Negros

Eu sou uma investigadora das regi√Ķes mais internas das gal√°xias, muito perto do horizonte de eventos do buracos negros supermassivos. Em particular, tento entender como os ventos dos buracos negros afetam (ou n√£o) a evolu√ß√£o das gal√°xias.

Telescópios de raios-X

Sou uma astr√īnoma especialista em raios-X e geralmente uso os maiores telesc√≥pios espaciais para conduzir minha pesquisa. Eu tamb√©m contribuo para o desenvolvimento de futuras miss√Ķes de raios-X.

QPE

Contribu√≠ para a descoberta de um novo tipo de sinal c√≥smico: erup√ß√Ķes quase peri√≥dicas de raios-X (sigla em ingl√™s QPE). As QPE s√£o aumentos repentinos, r√°pidos e recorrentes dos raios X emitidos no centro de gal√°xias distantes; hoje as QPE continuam sendo um enigma.


Eu tiro fotos do nosso planeta.

e de algumas coisas que l√° acontecem.


Eu tiro fotografias do nosso planeta

Fotografias de coisas peculiarmente terrestres e peculiarmente bonitas

coisas que chamariam a atenção de um olho extraterrestre.

(… é uma espécie de nostalgia pelo contrário, uma antecipação da nostalgia, uma maneira pré-nostálgica de preservar memórias futuras de quando o planeta era como é agora Рeu acho. Sou guiada pelo futuro. Saudade de você, meu querido planeta Terra. )


Alguns links

PhD

LinkedIn

Twitter

YouTube

Facebook

Instagram